29 abril, 2019

História do Dia do Trabalho/Trabalhador


No dia 1º de maio de 1886, em Chicago-EUA, milhares de trabalhadores foram as ruas exigir melhorias nas condições de trabalho. Eles estavam com uma jornada diária de 13 horas, então pediam que isso fosse alterado para 8 horas. No mesmo dia se instalou uma greve geral em todo os Estados Unidos.

No dia 3 de maio aconteceu mais uma greve e nessa, infelizmente, houve casos de violência. Em um confronto com a polícia durante o dia 3 e 4 de maio deixou o terrível saldo de sete policiais e doze manifestantes mortos, além de outros vários feridos.

Em 20 de junho de 1889, na França, aconteceu a Segunda Internacional Socialista. Nela ficou instituído o 1º de maio como Dia Internacional dos Trabalhadores, em homenagem aos mortos daquele conflito. Aqui no Brasil a data só foi oficializado em 1924, após decreto do então presidente Arthur da Silva Bernardes.

Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil:

- Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer).

- Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário